Blog Shen

Da essência à integralidade !

Por Susilaine Moraes Aquino

Descobertas incríveis sobre a regeneração dental explicadas de forma acessível.

Introdução: Um estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FORP-USP) resultou na publicação de um artigo científico na revista Frontiers for Young Minds, voltado especialmente para crianças e revisado por elas. O material explora conceitos fascinantes sobre a regeneração dos dentes e dos tecidos de suporte, com destaque para as células e moléculas envolvidas nesse processo.

Detalhes do estudo: O artigo apresenta métodos de imagem que os dentistas podem utilizar para avaliar o crescimento de novos tecidos no consultório, bem como os métodos usados em pesquisas laboratoriais. Além disso, explica como as células-tronco podem ser coletadas da polpa dentária para serem usadas em engenharia de tecidos, auxiliando na formação de diversos tipos de tecidos e órgãos

Entrevista com o coordenador do estudo: Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva, professor da FORP-USP e líder do grupo responsável pela elaboração do artigo, destaca a importância dos métodos de imagem para o cirurgião-dentista e também explica como as células-tronco podem revolucionar a área da odontologia regenerativa.

Apoio da FAPESP: O estudo contou com o apoio da FAPESP, sendo um dos autores, Luciano Aparecido de Almeida Junior, bolsista da Fundação durante o desenvolvimento de sua tese de doutorado.

Conclusão: A pesquisa realizada pela FORP-USP, com o apoio da FAPESP, resultou em um artigo científico especialmente direcionado para crianças. Esse material traz informações fascinantes sobre a regeneração dental e os tecidos de suporte, tornando o assunto acessível e interessante para os jovens leitores. Essa abordagem inovadora na divulgação científica ajuda a despertar a curiosidade e o interesse das crianças pela odontologia regenerativa, mostrando o potencial das células-tronco nesse campo. 

Leia mais…

Fonte: FAPESP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *