Blog Shen

Da essência à integralidade !

Leiamos bons livros.

Por Susilaine Moraes Aquino

A importância da leitura é solidamente respaldada pela neurociência, que revela como a atividade de leitura é fundamental para o desenvolvimento cerebral, a empatia e o enriquecimento cognitivo.

Quando lemos, nosso cérebro se envolve em processo complexo de decodificação, compreensão e interpretação do texto. Isso exige a ativação de várias áreas do cérebro, inclui o córtex visual, que processa as palavras, e o córtex pré-frontal, que lida com a compreensão e a análise. O ato da leitura estimula o cérebro de maneira única, melhora a plasticidade cerebral, ou seja, a capacidade do cérebro de se adaptar e aprender.

A neurociência também demonstrou que a leitura tem o poder de aumentar a empatia e a compreensão interpessoal. Quando lemos sobre as experiências e perspectivas de personagens fictícios ou pessoas reais em narrativas, ativamos áreas do cérebro associadas à empatia. Isso nos torna mais aptos a entender e se conectar emocionalmente com os outros, o que é essencial para o desenvolvimento de relacionamentos saudáveis e para a construção de sociedades empáticas.

Além disso, a leitura enriquece o vocabulário, melhora a concentração, estimula a imaginação e amplia o conhecimento. Ao ler, estamos constantemente expostos a novos conceitos, culturas e pontos de vista, o que amplia nossa compreensão do mundo.

Portanto, com base na neurociência, a importância da leitura é inquestionável. Ela não apenas exercita o cérebro de maneira única, mas também tem o potencial de enriquecer nossas vidas, e nos tornar seres humanos mais compassivos, informados e intelectualmente competentes.

Fonte: Instituto Shen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *